segunda-feira, 19 de setembro de 2016

RANKING CVA

Com objetivo de deixar registrada a história das competições promovidas pelo Clube de Veículos Antigos de MG, elaboramos o ranking abaixo para pilotos e navegadores. Fomos buscar inspiração nos campeonatos de F1 dos anos 90, quando a pontuação, do primeiro ao sexto colocados, era de 10-6-4-3-2-1. Aqui, deixamos, do primeiro ao quinto, a pontuação 10-6-4-2-1. 
Após o ranking, o registro dos Best of Show!


Ranking Pilotos:
1 - Maurício Pires - 22 pontos (0 + 2 + 10 + 10)
2 - Luís Augusto Malta - 20 pontos (10 + 10 + 0 + 0)
3 - Rodrigo Giordano - 16 pontos (6 + 0 + 4 + 6 )
4 - Guilherme Fubá - 7 pontos (0 + 0 + 6 + 1)
5 - Guilherme Machado - 6 pontos (0 + 6 + 0 + 0)
6 - Gustavo Meyer - 5 pontos (2 + 1 + 2 + 0)
7 - Gustavo Brasil - 4 pontos (4 + 0 + 0 + 0)
     Bernardo Seoane - 4 pontos (0 + 4 + 0 + 0)
     Mario Lott - 4 pontos (0 + 0 + 0 + 4)
10 - Clemenceau Saliba - 3 pontos (0 + 0 + 1 + 2)
11 - Jorge Mansur - 1 ponto (1 + 0 + 0 + 0)
     
A "galeria de troféus" de Gustavo Meyer, único piloto a pontuar nas três edições

Ranking Navegadores
1 - Filipe Cançado - 32 pontos (10 + 2 + 10 + 10)
2 - Eduardo Santana - 16 pontos (0 + 10 + 6 + 0)
3 - Marcel Fernandes - 12 pontos (6 + 0 + 0 + 6)
     Matheus Machado - 6 pontos (0 + 6 + 0 + 0)
5 - Leo Gomes - 4 pontos (4 + 0 + 0 + 0)
     Sylvio Martins - 4 pontos (0 + 4 + 0 + 0)
     Alexandre Cabral - 4 pontos (0 + 0 + 4 + 0)
     José Bosco - 4 pontos (0 + 0 + 0 + 4)
9 - Kika - 3 pontos (0 + 1 + 2 + 0)
     Robert Farrer - 3 pontos (0 + 0 + 1 + 2)
11 - Luiz Serra - 2 pontos (2 + 0 + 0 + 0)
12 - Marcos Mansur - 1 ponto (1 + 0 + 0 + 0)
       Leila Lan - 1 ponto (0 + 0 + 0 + 1)


Lista dos Troféus Best of Show por edição

1 - Dodge Charger 1968 - Alfonso González



2 - Dodge Challenger 1970 - Ricardo Guimarães



3 - Mercedes-Benz 300 SEL 6.3 1970 - Rodrigo Lacerda


4 - Cadillac Series 62 Convertible 1941 - José Cândido Muricy Neto





domingo, 18 de setembro de 2016

TERCEIRA EDIÇÃO: RALLY DAS ALTEROSAS



Após o sucesso do I Raid Estrada Real, a diretoria do CVA-MG decidiu formatar um evento mais simples, de baixo custo de inscrição, para a turma que quisesse ganhar mais experiência com as provas de regularidade tivesse a oportunidade de colocar seus carros na estrada. Entretanto, as quarenta vagas inicialmente disponibilizadas foram logo esgotadas e nada menos do que 46 entusiastas, 45 deles de Belo Horizonte e região, inscreveram carros espetaculares para a prova e, de uma proposta inicialmente despretensiosa, surgiu um belíssimo evento no último dia 17/9, que contou com trechos difíceis para carros e tripulação, na região de Itabirito e da Serra da Moeda.
O cenário da prova foram as montanhas mineiras, mas essa dupla que fez história na DTM estaria igualmente fotogênica em Nürburgring Nordschleife

A parte técnica ficou, mais uma vez, a cargo do Eduardo Cançado, sendo que a largada e a chegada se deram no My Box Selfstorage, parceiro do CVA desde sempre. Como já virou tradição nos eventos do CVA, os carros correram em categoria única, com um regulamento simples e descomplicado, que privilegia a camaradagem e o entrosamento entre os participantes.

Opala em dois momentos; o eterno Chevy brasileiro tem sido um dos preferidos para esse tipo de evento
Mazda Miata, Mini Cooper, Oldsmobile Cutlass, Aero Willys, Caravan e Mercedes: variedade incrível de carros, todos na mesma categoria

O pódio mostrou uma margem apertadíssima entre os primeiros colocados, com poucos pontos perdidos em mais de 4h e quase 200 km de prova. No final da apuração, o resultado ficou assim:

1 - Chevrolet Opala Comodoro 4100 1979 - Maurício Pires e Filipe Cançado
2 - Porsche 911 Targa 1976 - Guilherme Fubá e Eduardo Santana
3 - Volkswagen Passat Flash 1.8 1987 - Rodrigo Giordano e Alexandre Cabral
4 - Chevrolet Opala Especial 1974 - Gustavo Meyer e Kika
5 - Mazda Miata MX-5 1991 - Clemenceau Saliba e Robert Farrer

O belo Comodoro 1979 foi o grande campeão

Troféu Espírito Esportivo: Probus GT 1979 - Bruno França e Denise Ribeiro

Concebido, desenhado, fabricado e homologado para as ruas pelo seu proprietário numa antiga fábrica de lanchas, o Probus GT rodou mais de 200 km de Oliveira a Belo Horizonte, cumpriu mais de 4h de prova e, depois da festa, pegou a estrada de volta a Oliveira


Troféu Veículo mais antigo: Chevrolet Apache 1959 - Milton Lapertosa
A linda Chevy Apache 1959 ganhou o Troféu de veículo mais antigo, mas mereceria também o troféu "Miss Simpatia", pelo encantamento do público com suas linhas

Troféu Best of Show: Mercedes-Benz 300 SEL 6.3 - Rodrigo Lacerda

A impecável "Carruagem Real" ou "Muscle Car de Stuttgart", que estaria bem em qualquer concurso internacional de elegância, liderou o pelotão

Aqui, o album de fotos do evento no Facebook.
Aqui, o resultado geral da prova.